Página
image

Auxílio Brasil – impactos no consumo e economia

No dia 18 de janeiro, começaram a ser pagas as primeiras parcelas mensais aos beneficiários do Auxílio Brasil em 2022. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que boa parte dos recursos disponibilizados pelo programa já tem destino certo e aponta previsões para o consumo e pagamento de dívidas. De acordo com análise da entidade, considerando o pagamento do valor mínimo de R$ 400 a cerca de 17,5 milhões de famílias, a expectativa é que o novo programa injete ao menos R$ 84 bilhões na economia, ao longo deste ano.

 

Acesse aqui a análise completa da Divisão Econômica da CNC

 

Fonte: CNC